25 de julho 2017

Divino é ser

Divino e ser (1)
25 julho 2017

Divino é ser

Editora cria mensagens de leitura diária que mostram como é bom ser do bem
Texto por: Camila Luz

Quem presenteia alguém com uma das caixas de mensagens da Divino é SER quer mais do que agradar ou parabenizar. A editora criada por Camila Comitre faz presentes com mensagens inspiradoras de acolhimento, autoestima, bondade, transformação e outros propósitos.

A editora tem como missão estimular a leitura por meio de frases objetivas e profundas, organizadas em caixas de mensagens diárias. Elas provocam reflexões que trazem alívio e podem transformar o ser humano e sua rotina. As frases se destinam a pessoas de todas as idades e crenças e têm foco na humanização, empatia e bem-estar.

Para chegar a esse conceito, Camila passou por uma série de crises profissionais e pessoais. Formada em administração, queria trabalhar em empresas públicas, privadas e empreender. Quando foi para o setor público, trabalhou com crianças e jovens em situação de alta complexidade, que tiveram seus direitos básicos violados.

A partir daí, a empresária quis descobrir uma forma de ajudar outras pessoas a viver de forma serena sem levá-las para a religião. “Sempre tive essa questão em mim: como tocar o coração das pessoas de uma forma laica. Na área social, convivi com muitos psicólogos e assistentes sociais, fui conhecendo muitas histórias”, conta. “Essa dor eu guardei no bolso. Como plantar bons valores em crianças e adolescentes que já vinham de uma família desestruturada”, completa.

Quando seu segundo filho nasceu, decidiu sair do setor público para empreender e tornou-se sócia de uma empresa. Nesse período, sua filha mais velha, Mariana, começou a ter uma série de crises causada pela Síndrome de Asperger, um transtorno que se enquadra no espectro do autismo. O problema altera a forma como o indivíduo interage e se comunica, além de afetar seu comportamento.

“Eu estava muito cansada, pois amamentei meu filho até dois anos e a Mariana tinha várias crises. Só tomava banho se fosse comigo, só se alimentava se fosse comigo. Ela começou a criar métodos para tudo e a ficar muito refém disso”, relembra.

Exausta pela rotina puxada, a empreendedora decidiu que era hora de fazer uma escolha.

Epifania

Camila deixou a sociedade na empresa e passou a se dedicar mais ao tratamento e educação da filha, que teve progressos visíveis. “Naquele momento, fiz uma reflexão: mais do que ter condições de oferecer o melhor tratamento, a melhor escola, era preciso ser mãe e estar muito presente. O ser foi prioridade, ainda que o ter fosse fundamental”, explica.

Seis meses após sair da empresa, no entanto, a empreendedora começou a ficar ansiosa com a questão financeira. Com tantas demandas em casa, precisava arrumar um trabalho flexível. Inspirada pela história da filha, pensou em escrever sobre superação.

A ideia da Caixa de Mensagens surgiu durante um sonho, como uma epifania. Certo dia, enquanto os filhos estavam na escola, resolveu tirar um cochilo na casa da mãe, que novamente havia apontado como a filha estava cansada e estressada. “Quando me deitei e descansei mesmo, a ideia me veio, como se fosse uma inspiração. Vi uma caixa de mensagens, que deveria ser ilustrada e poderia levar alívio para as pessoas com palavras. Tive uma inspiração por sonho. Nem eu acreditei”, lembra.

A Divino é SER

Assim que teve a epifania, Camila mandou uma mensagem a um amigo ilustrador.  Para dar início aos trabalhos, a empreendedora ganhou uma impressora e pegou um notebook emprestado. A “Divino é SER” começou com o apoio de toda a família: todo mundo ajudava a imprimir, cortar e montar as caixas.

Quando criou a página da empresa no Facebook, percebeu que o negócio daria certo. “Para a minha alegria, as pessoas começaram a se identificar com o conteúdo, porque escrevi com muita vontade de ajudar”, diz. “Percebi que meu propósito de vida é escrever palavras que tragam alívio ou cura. Falar sobre sentimentos, valores, humanização. Mas não esperava que o produto em si fosse encantar tanto”, afirma.

Camila descobriu o nicho de presentes com significado, que trazem a proposta de compartilhar boas energias. E deu certo: a “Divino é SER” foi oficializada em 2016 e já lançou diversos títulos, como o “Divino é SER Mãe” e o “Divino é SER Gente Grande”. Os próximos títulos serão financiados por uma campanha de crowdfunding.

Hoje, a editora está desenvolvendo um projeto para escolas e Camila terá a chance de realizar o sonho de plantar boas sementinhas no coração de crianças e adolescentes. As coleções infantis e juvenis têm quatro títulos que ensinam a se relacionar com si mesmo, com a família, com a comunidade e com o mundo.

Empatia, cooperação, tolerância, acolhimento, sentimentos e talento são alguns dos valores cultivados pelas coleções. Hoje, o propósito da editora é inspirar o trabalho em rede, de forma unida. “Nossa função é inspirar e motivar pessoas a recuperar a autoestima. Queremos empoderar o ser humano por seus próprios talentos”, conta. “Assim, transformam a comunidade onde vivem por meio de seus exemplos e obras.”