13 de julho 2017

Cristais em casa

Cristais em casa (1)
13 julho 2017

Cristais em casa

Como usar esses elementos para atrair boas energias
Texto por: Livia Deodato

A artista e performer sérvia Marina Abramovic tem um estudo aprofundado em torno dos cristais, que começou a fazer no fim dos anos 1980 aqui no Brasil. Desde então, ela já veio ao país diversas vezes para pesquisar a respeito da influência que eles têm no corpo humano e na mente.

Na exposição intitulada “Terra Comunal”, realizada no Sesc Pompeia, em São Paulo, ela não só apresentou esse seu trabalho de pesquisa como também propôs uma vivência para que os espectadores entrassem em contato com alguns desses cristais.

A proposta era ficar totalmente em silêncio por mais de duas horas e conectar-se consigo mesmo com a ajuda dos cristais, que estavam distribuídos pelo espaço. Punhados de sal grosso haviam sido espalhados pela sala para promover a limpeza dos cristais a cada rodada de participantes.

Marina Abramovic

“Cristais se formam por meio da fusão, pressão e mudança de temperatura entre substâncias fluidas e minerais encontrados em áreas rochosas. Quando eles começam a se solidificar, eles ‘copiam’ a estrutura atômica do minério com o qual eles estão em contato. Se for o quartzo, por exemplo, é a sílica”, explica a artista e performer Thaty Yazigi no site de Marina Abramovic. Thaty também trabalhou na exposição e facilitou algumas das vivências.

A energia acumulada nesses cristais ao longo do tempo é também emanada e ajuda a pessoa a sintonizar as próprias energias sutis. Eles são bastante utilizados em terapias, principalmente em fases de desequilíbrio e situações mais complexas, mas também como ferramenta de busca pelo autoconhecimento.

Para alguns especialistas, pedras e cristais amplificam as energias. A força desses elementos consiste na capacidade de resgatar, ampliar e direcionar forças e poderes das pessoas.

Como escolher um cristal para a casa

Assim como as escovas de dentes, os cristais são bastante pessoais. Para encontrar um, a pessoa precisa estar disposta a sentir e descobrir a sensação que ele causa em si. Ao tocar levemente a pedra, sinta se ela formiga ou esquenta a sua mão. Perceba se ela tem um brilho especial, de acordo com a sua percepção. Quando sentir que encontrou sua pedra, busque o significado dela e confira se faz sentido para você. Para limpá-la e energizá-la, lave-a em água corrente (se for água de cachoeira, um tanto melhor), deixe-a na chuva e no sol, de tempos em tempos. Mantenha o cristal sempre por perto, para que restabeleça suas energias.

Para sua casa, há algumas sugestões:


  • Ônix - Filtra a carga energética negativa e não permite que ela entre. Um bom local para deixá-lo é na entrada da casa. Também pode ser utilizado em outros ambientes, pois impede que as impurezas se acumulem.

  • Orgonite - Peça composta por material orgânico (resina), metálico (cobre ou ferro) e mineral (pedras e cristais), usada para proteger das energias negativas e potencializar as positivas. O nome vem de orgônio, considerado energia vital por Wilhelm Reich, médico, psicanalista e cientista austríaco. Bom para ser usado diante de radiações de aparelhos eletroeletrônicos.

  • Druza de quartzo branco - É um aglomerado de várias pontas de cristal em uma base única. Se for colocada na sala, ela vai ajudar a harmonizar o ambiente todo, além de limpar energias negativas.

  • Quartzo rosa - Esta pedra é muito bem-vinda se o objetivo é melhorar o relacionamento afetivo com o parceiro ou qualquer integrante da família. Ela pode ser posicionada em algum lugar do quarto ou da sala.

  • Amazonita - Pedra bastante usada para acalmar o cérebro e o sistema nervoso. Traz alívio e diminui o estresse. Estimula a nossa intuição natural. Pode ser carregada na bolsa ou colocada no quarto.

  • Pirita - Muito usada como amuleto para trazer prosperidade e fartura. Deixe-a na sua cozinha.

  • Pedra de sal grosso - A boa e velha arma contra o mau olhado também é capaz de limpar e purificar o ambiente. O banheiro é um bom local para colocá-la.